ILHA DA MAGIA

Sônia Schmorantz

Poesia da Natureza

Não há palavras que cantem

como as ondas quando batem nos rochedos,

borbulhando azuis no verde sem fim da mata que o cerca.

Não há palavras que possam

dizer deste infinito azul que enche os olhos,

paz na contemplação,

sonhos  espalhados ao vento e ao mar,

conchinhas e segredos na areia,

barcos solitários em baias azuis,

felicidade sem motivo,

coração sereno,

amo este mar!

Anúncios

02/05/2010 Posted by | Uncategorized | 7 Comentários