ILHA DA MAGIA

Sônia Schmorantz

Se esvai o dia comum

Se esvai o dia comum
nada especial aconteceu
tenho as mesmas cicatrizes,
sobrou um sorriso cansado,
um distante abraço,
uma alma junto à minha.

O dia irá amanhecer,
o sol haverá de inundar a vida
para dizer que ainda não morri,
que sou como a maré,
sempre voltando e voltando.

Acorda-me um rufar de asas no telhado,
a intraduzivel conversa das pombas,
quando arrulham aos pares nas manhãs,
tecendo o tempo, os dias e as horas.

Entra o dia pela janela sem persiana,
preciso aprender alguma canção,
quebrar o silêncio e não adormecer,
é este perene cotidiano,
que me traz de volta pela mão…

Sônia Schmorantz

Clique na música para ouvir

Enya – May it be


Anúncios

25/02/2010 - Posted by | Uncategorized

7 Comentários »

  1. Sónia adorei este poema, a vida é feita de dias comuns que transformamos em especiais com pequenos nadas a que damos valor, uma música, uma paisagem um encontro de amigos, felizes coincidências ou apenas um sorriso estampado no rosto por adorar estar viva, beijo

    Comentário por lou alma | 25/02/2010 | Responder

  2. Essa poesia ficou belíssima, Sonia…
    Escrever sobre o cotidiano é compensador.
    Embelezaste ainda mais as fotos!

    Beijo para ti e para os seus!

    Comentário por Ana Cristina Quevedo | 26/02/2010 | Responder

  3. Cotidiano em versos. A poesia dando mais vida ao dia-a-dia.

    Belo poema, Sonia!

    Bjs e inté!

    Comentário por ju rigoni | 26/02/2010 | Responder

  4. E que belas manhãs e marés junto a essas praia de sonho!

    Beijoca

    Comentário por vieira calado | 26/02/2010 | Responder

  5. Olá Sonia!

    Versos bonitos e expressivos sobre um quotidiano que nem sempre nos preenche, que se repete, e apenas nos diz que cá estamos – tendo por companhia quem de nós está longe.
    Mas a vida continua,e nós dela temos que tirar o melhor partido … talvez com uma canção que sirva para alegrar o novo dia!
    Um abraço; bom fim de semana!
    Vitor

    Comentário por vitor chuva | 26/02/2010 | Responder

  6. Olá Sonia
    Recomeçar a cada dia, ver o céu de forma diferente e não deixar a vida virar uma rotina, essa é a chave para se viver melhor. Adorei o poema.
    Um abraço

    Comentário por wanderley | 26/02/2010 | Responder

  7. Ah, fico por aqui com este majestoso poema que fala do cotidiano. Belas fotos! Beijo

    Comentário por tossan | 27/02/2010 | Responder


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: