ILHA DA MAGIA

Sônia Schmorantz

É preciso

É preciso abrir as portas da alma,
permitir a entrada de um pouco de céu,
deixar passar as brancas nuvens,
sombras serenas brincando ao léu.

É preciso a serenidade do vazio,
dispersar-se como areia nas ondas,
pairar como aves na beira dos cais,
deixar-se só e na alma mergulhar.

É preciso habitar a própria alma,
viajar entre a tempestade e a calmaria,
dispersar-se feito areia, vento, água,
só então renascer para mais um dia.

Sônia Schmorantz

Clique na música para ouvir

Tim Maia – Como uma onda


Anúncios

17/02/2010 Posted by | Uncategorized | 8 Comentários